10 Curiosidades sobre o Hipertireoidismo

Confira alguns dados e informações apontados pela Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia ( SBEM ).

Saiba mais sobre as curiosidades:

  1. O hipertireoidismo é um distúrbio desencadeado com mais frequência em mulheres.
  2. Tanto uma alimentação rica em iodo quanto o surgimento de algum nódulo na tireoide podem ser fatores desencadeantes do problema.
  3. Um dos principais motivos pelo qual o hipotireoidismo pode aparecer no organismo é a chamada “Doença de Graves”, caracterizada por anticorpos produzidos pelo próprio organismo que passam a atacar a glândula tireoide.
  4. Os próprios olhos podem denunciar a presença da Doença de Graves, por meio de sua aparência – eles parecem estar maiores e saltados.
  5. Tanto exames de sangue quanto análises clínicas hormonais podem diagnosticar o problema.Hipertireoidismo
  6. Fatores emocionais, como estresse, ansiedade e depressão também podem favorecer o hipertireoidismo, em alguns casos.
  7. A fertilidade feminina pode ser prejudicada quando o problema se faz presente no organismo.
  8. Uma fas formas de diagnosticar o distúrbio é por meio da observação e toque da tireoide – realizada por um especialista – , já que a glândula fica maior.
  9. Nada de automedicação toda dosagem hormonal deve ser receitada por um profissional especializado ( endocrinologista ).
  10. Quedas de cabelo, dificuldade em estar em ambientes quentes e descalcificação óssea também são alguns sintomas do hipertireoidismo.

Ainda sobre o Hipertireoidismo. Você sabia ?

A tireoide pode sofrer influências de fatores externos como plásticos e produtos de limpeza. Também existem algumas substâncias químicas conhecidas em conjunto como desreguladores endócrinos, que podem causar as doenças da tireoide, entre outros problemas. O bisfenol A, que está presente em alguns tipos de plásticos e na resina epóxi, é uma das mais conhecidas.

A tireoide é uma glândula localizada no pescoço, na altura da cartilagem cricoide ( pomo de Adão ), que produz dois hormônios a base de iodo, que são a tri-iodotironina ( T3 ) e a tiroxina ( T4 ), responsáveis pelo metabolismo do nosso organismo.

Artigos relacionados:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook