Linhaça

Controle do apetite, ação contra o colesterol e a glicemia, propriedades anti-inflamatória, repleta de fibras, ômega-3 e 6. A linhaça entrou para o time dos alimentos funcionais essenciais para o bom funcionamento do organismo, sendo capaz de regular as taxas de triglicérides no sangue e regular os níveis de glicose.

Quando se consome linhaça, o coração é o órgão mais beneficiado do corpo humano: o ômega-3 melhora a fluidez sanguínea, o que dificulta a formação de coágulos e trombos. Isso permite melhor mobilidade de hormônios, proteínas e nutrientes, além de aumentar mecanismos de defesa do organismo. No entanto, é preciso estar ciente de que tudo consumido em excesso pode prejudicar a saúde do corpo. Por isso, ainda que considerada um alimento funcional, a linhaça deve fazer parte da sua dieta com moderação, para que não resulte em efeitos contrários.

Lembrando que ela pode ser encontrada em duas opções, escura ou dourada, e a diferença fica apenas no sabor, pois as propriedade são as mesmas.

LinhaçaCom a linhaça o funcionamento do intestino é beneficiado com o consumo regular dessa semente, já que seu alto teor de fibras insolúveis diminui a constipação. Assim como a chia, a linhaça é rica em Omega 3, um tipo de gordura extremamente benéfica para o nosso corpo, que previne doenças cardiovasculares e ativa a nossa memória.

A semente de linhaça dourada também possui lignanas, substâncias com função semelhante à do estrógeno, um hormônio feminino. A presença de lignanas protege da formação de alguns tipos de tumores dependentes do estrógeno, como o de mama, e pode reduzir o processo de metástase.

Quanto consumir da semente de linhaça ?

A quantidade que cada pessoa poderá ingerir diariamente da semente de linhaça depende muito de cada estrutural corporal que varia de pessoa para pessoa, mas o ideal para esta de estatura e peso mediano é de 2 colheres ( sopa ) por dia.

Como consumir a linhaça ?

O ideal é adquirir as sementes inteiras e triturá-las no liquidificador no momento em que for consumi-las, para preservar suas propriedades. A trituração permite uma maior absorção dos nutrientes durante a digestão. A linhaça pode ser consumida com iogurte, frutas, vitaminas, saladas, sopas ou em receitas de bolos, pães e salgados.

Linhaça alimento que contem omega 3

Receita com linhaça

Farofa de linhaça

Ingredientes para fazer a farofa de linhaça:

  • 1/2 xícara ( chá ) de linhaça
  • 1 colher ( sopa ) de manteiga
  • 1 colher ( sopa ) de azeite
  • 1 alho-poró picado ( somente a parte branca )
  • 2 dentes de alho amassados
  • 1 xícara ( chá ) de champignon em fatias
  • 1/2 xícara ( chá ) de chá preto coado
  • Sal a gosto
  • 1 xícara ( chá ) de farinha de mandioca
  • 1/2 xícara ( chá ) de cheiro-verde picado
  • Salsinha para decorar

Modo de Preparo:

No liquidificador, triture a linhaça e reserve. Em uma panela, em fogo médio, aqueça a manteiga e o azeite. Refogue o alho-poró até ficar macio. Adicione o alho e o champignon. Coloque o chá e acerte o tempero com sal. Desligue o fogo e misture a linhaça, a farinha de mandioca e o cheiro-verde. Disponha em uma travessa e decore com salsinha.

Dica: Coma a linhaça certa!

Caso a linhaça não seja preparada em receitas cozidas ou assadas – ou já não esteja triturada e pronta para consumir – é preciso levá-la ao forno, em fogo baixo, por aproximadamente 15 minutos. O calor é capaz de minimizar a ação das substâncias que impedem a absorção de nutrientes. Para aproveitar a linhaça como farinha, a forma ideal de consumo é triturá-la no liquidificador e acrescentar às refeições diárias. É que ela possui uma casca bastante rígida, que pode não ser digerida no estômago. Por isso, se não passar por esse processo, chega ao organismo sem oferecer nenhum benefício.

Artigos relacionados:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook